Caminhos Turismo

O que acreditamos… O que queremos… o que fazemos…

1º Dia – De Cabreuva à Fazenda Cana Verde

Acabei demorando mais que devia conversando com o André e nem pude conhecer direto a pousada, que me pareceu bem legal. Eles tem uma queda d’água, mas quando vi o horário, desisti de ir.

Voltei para estrada. Os peregrinos sobem uma trilha atrás da pousada, mas não é aconselhavel para quem está de bike. Então encarei meus últimos 5 kms de asfalto do dia, até o cruzamento com a Rodovia Marechal Rondon, onde passamos por baixo de um viaduto.

Dai o caminho fica mais tranquilo. Pasando uma pequena ponte, tudo é estrada de terra. A velocidade é menor, mas é bem mais agradavel pedalar an terra, sem passar por quase nenhum carro ou caminhão. Mas ainda falatavam 19kms e eu já estava bem cansado e comecei a empurrar em quase todas as subidas.

Depois de algum tempo, com as setas que indicam o caminho mais escassas, cheguei no Armazem do Limoeiro.

Cercado de placas que dizem: QUARQUÉ CAMINHO SAI NA VENDA o Armazem do Limoeiro é um dos pontos mais interessantes do Caminho. Construido em 1902, ainda funciona como armazem para os sítios e fazendeiros da região, mas alia isto ao turismo, oferecendo música ao vivo com violeiros e repentistas aos sábado e domingos.

Porem aqui achei uma pisada de bola da organização do Caminho. No meu Guia do Pelegrino, eles sugerem experimentar no armazem o sanduiche de mortadela. O fiz, juntamente com uma tônica diet.

Primeiro que para quem é de São Paulo e já comeu o Sanduiche de Mortadela do Mercadão, ou mesmo o da Casa da Mortadela do Ipiranga, este é brincadeira. Mas o pior, é que a combinação sol, mortadela, tonica e bike se trasnformou em uma bomba.

Voltei ao caminho depois de carimbar meu passaporte. Faltavam ainda 14kms para a fazenda Cana Verde, e meu guia avisava que seria um caminho bem árido. A paisagem deste primeiro trecho rural e de algumas pastagens ainda e já começa aparecer a cana que vai predominar em todo o caminho.

Este trechoi do Caminho é muito seco. Uma constante pueira no ar e meu estomago preste a explodir e acabo empurrando a Sophia (não falei antes, mas este é o nome que dei a minha bike) em todas as subidas. Tento não parar pois tenho que chegar até as 18hs, quando fecham o acesso a fazenda. Algumas descidas no final do trecho me ajuda a chegar menos morto.

Passando o mata burro da entrada, a primeira coisa que me chamou a atenção foi a escola rural, logo na entrada da fazenda, com uma primavera caindo sobre o telhado.

Cheguei, tomei banho e comi um misto quente para matar a fome enquanto aguardave o jantar. Comigo estão hoje mais 4 pelegrinos, que começaram na quarta-feira (hoje é sexta) e estão fazendo a pé. Conversamos um pouco e fui ver o que me esperava no dia seguinte. Descobri que para minha próxima etapa,  tinha 74kms, 10kms a mais do que tinha feito neste primeiro dia.

Pensei e resolvi mudar meus planos. Tanto o guia e mesmo o caminho foi concebido para o caminhante, e não o ciclista. Somei as distancias de cada trecho, até o final do percurso. Fazendo algumas combinações, percebi que se a partir daquele ponto, fizesse em um dia de bike o que os caminhantes faziam em 2 dias, pedalaria uma média de 42kms por dia e demoraria apenas um dia a mais da minha programação inicial.

Entrei em contato com a Fatima e passei meus novos planos. Ela ficou de ligar para as pousadas e remarcar minhas reservas. Na verdade, descobri depois que algumas pousadas não recebem os peregrinos todos os dias, e se você for sózinho, ou fora da programação passada pela organização, é capaz de dar com uma fazenda trancada.

Informações: Pousada Fazenda Cana Verde

Bairro do Pedregulho
Itu

Fone: 11 9976.0978
www.fazendacanaverde.com.br

Em breve a continuação deste relato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: