Caminhos Turismo

O que acreditamos… O que queremos… o que fazemos…

Não aos Rodeios

Posted by Rodrigo Mendonça em terça-feira, 6.maio.2008

Vários amigos já me chamaram para ir para rodeios. Nunca gostei, sempre achei uma crueldade com os animais… afinal nunca a creditei que um cavalo ou um boi pode ficar saltando feito loco por felicidade. Já tinha visto em comunidades do Orkut relatos sobre as crueldades que os organizadores realizam em pró do espetaculo, mas hoje li um artigo no Blog do Sidney Rezende*,  que merece ser citado:

“(…)Na laçada de bezerro, um animal de apenas 40 dias é perseguido em velocidade, laçado e derrubado ao chão pelo peão. Pode ocorrer ruptura na medula espinhal, ocasionando morte instantânea. Alguns ficam paralíticos ou sofrem rompimento parcial ou total da traquéia. O resultado de ser atirado violentamente para o chão pode causar a ruptura de diversos órgãos internos, levando o animal a uma morte lenta e dolorosa.

Agulhadas elétricas, introdução de varas no ânus, e outros instrumentos de tortura são usados para irritar e enfurecer os animais usados nos rodeios. Um artefato de couro é amarrado ao redor do corpo do boi (sobre pênis ou saco escrotal) e é puxado com força no momento em que o animal sai à arena. Além do estímulo doloroso, podem ocorrer rupturas viscerais, fraturas ósseas, hemorragias subcutâneas, viscerais e internas. Golpes e marretadas, seguidos de choque elétrico, costumam produzir convulsões no animal e é o método mais usado quando o animal já está velho ou cansado.(…)”

E isto só acontece porque pessoas que nunca aprovariam crueldades como estas, vão assistir a estes cruéis espetáculos, sem se dar conta que estão contribuindo para maus tratos como estes.

Marque sua posição contra os rodeios, participando da comunidade Rodeio e o Sofrimento Anima no Orkut.

Fonte: Blog do Sidney Rezende

* Sidney Rezende é âncora da rádio CBN; apresentador de telejornais da TV Globo e dos programas Conta-Corrente e Em Cima da Hora, da Globonews.
Anúncios

6 Respostas to “Não aos Rodeios”

  1. jonhne karll said

    Acho que seu comentario é de quem realmente nunca foi ao rodeio e não conhece o dia dia de uma fazenda, esta laçada da foto acima ocorre todo dia na vida do campo, pq o animalzinho não vem tomar vacina nem vermifogo em fila como nós seres humanas fazemos nas campanhas de vaçinação, se issso matasse não seria feito pq um bichinho destes custa caro para seu dono, quem já foi a uma fazenda e viu um poltro(cavalo novo) ser montado pela primeira vez, sabe que ele pula e joga no chão o seu montador, isso pq não tem costume com céla e não pq tá machucando ele, passe a mão no saco de um boi, levemente para fazer um carinho e ele dará um pulo e um coice, isso pq ele não gosta que peguem alí e não pq tá machucando…vc gosta que passem a mão na sua bunda? ele pesa uma tonelada e não é frágil como como vc diz, um boi deste chega a valer milhões de reais e só valem isto se estiverem em perfeito estado de saúde, a maioria deles é melhor tratada que muitos filhos de brasileiros que conhecemos. Os tropeiroos são homens de negócios acostumados com altas cifras, não rasgam dinheiro, estes animais são suas fortunas.

  2. Jonhne Karll, respondendo primeiramente a pergunta mais importante que recebi neste blog. EU NÃO QUERO QUE PASSE A MÃO NA MINHA BUNDA!

    Do mesmo jeito que não gostaria que fosse lassado ou que me enfiassem esporar somente para que outros se divertissem.

    Conheço sim um pouco de fazendas, e caso lhe interesse, posso lhe passar o contato de uma série que respeitam os animais, e procuram causar o menor dano possível no trato da criação.

    Mas minha intenção não é discutir. Respeito o seu ponto de vista, tanto que mantenho publicado o seu comentário.

    Minha intenção quando criamos este tópico é que pessoas como você, pudessem conhecer um outro lado de alguns rodeios e o custo aos animais da diversão a nós racionais. Pois mesmo que você vá em rodeios onde existem, como você coloca, bois que são tratados melhores que crianças (isto para mim é outro problema) você estará incentivando rodeios menores, onde animais mais velhos e que valem muito menos, são tratados como relato no artigo.

    E mesmo se você me responder que o problema é fiscalização, nos rodeios dos bois milionários, os mesmos só pulam quando “estimulados” (como se referem os defensores dos rodeios)pela Peiteira ou pelo Sedém. É só colocar um destes termos no Google imagens e depois me dizer por quanto usaria um destes instrumentos.

    E porque será que as seguintes cidades proíbem a execução de rodeios, seja por decisão judicial, seja por lei do legislativo ou decreto do executivo?

    – Rio de Janeiro
    – São Paulo
    – Sorocaba
    – Guarulhos
    – Jundiaí
    – Mogí das Cruzes
    – Ribeirão Preto
    – Ribeirão Bonito
    – Itu
    – São Pedro
    – Bauru
    – Arealva
    – Avaí
    – Itupeva
    – Cabreuva
    – Américo Brasiliense
    – Rincão
    – Santa Lúcia
    – Boa Esperança do Sul
    – Cravinhos

    Mas não acredito no que estou falando. Existem fontes de informações muito melhores que blogs, que exprimem o ponto de vista do autor, sem comprometimento cientifico ou jornalistico. Vá direto aos livros e tire suas próprias conclusões. Se souber de algum que baseia suas opiniões, não deixe de me passar.

    1.Human Society of the United States, interview with C.G. Haber, DVM (Rossburg, Ohio),1979
    2.”Rodeo: American Tragedy or Legalized Cruelty?” The Animals Agenda, March 1990 3.Dr. E.J. Finocchio, DVM, Letter to Rhode Island State Legislature. Feb. 28, 1989
    4.”Rodeo Critics Call It “Legalized Cruelty”, San Francisco Chronicle, June 25, 1981
    5.Lipsher, Steve, “Veterinarian Calls Rodeos Brutal to Stock” Denver Post, Jan 20, 1991
    6.Schmitz, Jon “Council Bucks Masloff’s Veto On Rodeo Bill” Pittsburgh Press, Nov27, 1990

    (Fonte Suipa)

    Este espaço está aberto a discussão, e seu comentário mesmo que contrario ao meu ponto de vista, é bem vindo!

    Abraços,

    Rodrigo Mendonça

  3. Jonhne Karll said

    Bom, acho que temos pontos de vista realmente bem diferentes, e valores também, realmente não posso ser hipócrita e dizer que sou um ferrenho defensor dos animais porque, apesar de gostar muito deles, acho que eles estão aqui para nos servir, para matar minha fome de picanha, ajudar a manter a vida financeira minha e de minha família, e se me pedir pra pensar no “sofrimento” de um boi de rodeio, comparado ao de uma criaça com câncer que é tratada gratuitamente pelo hospital do câncer de Barretos que tem em sua direção Henrique Prata, e que consegue todas as doações para manter este atendimento adivinda das festas de rodeio, sinceramente, não consigo me sensibilizar com o animal…então acho que nosso demate é como explicar a biblia para um atéu, temos valores bem diferentes e crenças bem diferentes…acho louvável e só posso te elogiar por defender seus ideais e suas crenças.
    A você meu respeito e um grande abraço.

  4. Entendo o que você quis dizer Johne, mas acho que não devemos compensar um problema com outro. Tenho certeza que os Rodeios são uma importante fonte de renda e de impostos para cidades como Barretos. Mas o fato de um hospital não ter orçamento para cuidar de crianças com câncer, ou com qualquer outro problema, para mim não tem nada a ver com os rodeios.

    Vamos montar então rings de briga de galo em frente de cada posto de saúde da cidade de São Paulo?

    Não podemos justificar um erro por conta de outro.

    Abraços

  5. RAUL said

    FICO PUTO DA VIDA QUANDO FALA Q RODEIO É CRUELDADE COM ANIMAIS.
    ESE POVO DA CIDADE GRANDE N TEM O Q FAZE AI FICA COM ESE LENGA LENGA
    PQ VCS TB N PARA DE FAZER CONTRUCOES; GRANDES FABRICAS;PRA FALA A VERDADI A CULPA DO NOSSO PLANETA ESTA NESSA DISGRAÇA DE AQUECIMENTO GLOBAL É SIM CULPA DESSAS GRANDES CIDADES
    QUE ACABAM COM TUDO .Q ATE NOS DO INTERIOR SOFRE AS CONSEQUENCIAS QUE VCS PRATICAM
    AI QUANDO FAZ RODEIO FALA Q É CRUELDADE COM ANIMAIS E ISSO TEM Q ACABA
    PQ N DEXA NOS QUETO COM NOSSO RODEIO Q N É NADA EM VISTA DO Q VCS FAZEM
    E VAO CUIDA DO SEUS POBLEMAS
    CAIBADA DE FDP

    • Well said

      Bem, não fui eu que postou o assunto por aqui e sim meu brother Digão… Pelo visto o tema deu pano para manga.
      Achei a fala do Raul muito dura e nada educada… Cada um tem o direito de defender seu ponto de vista, mas as vezes é melhor pegar leve.

      Tb acredito que a maioria dos Rodeios que rolam por aí, principalmente aqueles grandes eventos que não estão ali como traço da cultura de uma determinada população e sim como atrativo turístico – muito baseado nos grandes eventos do rodeio dos EUA -para atrair multidões e gerar $$

      Outra coisa é o rodeio em pequenas cidades, pois aqueles que sobrevivem da terra e da natureza muitas vezes sabem muito mais sobre respeito a natureza do que muitos intelectuais.

      Outra coisa da fala do Raul é este de remeter os problemas causados pelo meio urbano e que a culpa é de quem está aqui…Não é bem assim, não devemos ficar nesta disputa de se eu tenho culpa nisso e vc naquilo, pois a argumentação não anda. Acredito em todos os maleficios do meio urbano, mas hj o que temos é um generalidades de males… Pois a sociedade da forma com que está configurada causas danos ambientais por todos os lados, é fato de que a produção no agronegócio para alimentar estas cidades está devastando o que podiamos ter como cidades rurais…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: